23.4.07

When there's no more lies to hide behind
And no more tears to cry
I know we'll be alright
'Cause even though the skies above are cold and grey
I'm sure tomorrow we will see the light of day

The light of day shining through our window pane

E agora o oboé.

Pode até não ser oboé mesmo, fico na dúvida, mas é da família. Só podia ser, claro.

Mas que solo é esse, pelamãedoguarda. Lindo. Simples e certeiro. Quase morro, sempre. Morro e ressuscito, aliás.

(Divine Comedy, gente, pois é.)


The light of day
shining through my window pane.

18.4.07

não importa o que acontecer, existe uma pessoa, além de meu pai, mãe e irmã, que sempre será minha família. e hoje ele é um distinto mestre.

4.4.07

Receita para você que está bodeada, feia, no começo de uma virose, prostrada, nada passa na TV (nem na paga), a cabeça dói, o olho também,

o que não te permite ler etc. etc. etc.:

1) olhe a lua;
2) coma um chocolate (aproveite, pois talvez amanhã você esteja com seu paladar menos apurado ainda);
3) e, o mais importante, ouça música barroca - quase clássica -, de preferência com um oboé no meio, com bem muita atenção, não só ao oboé, mas a todo o resto também.

Você vai ver que o mundo não é tão ruim assim.

1.4.07

Este blog

pertence a uma pessoa descomplicada, simples, fácil de satisfazer. Linda e magra. E calma.







Ha, primeiro de abril.