28.2.09

Tou totalmente mal humorada.

Mas tem tanta coisa no mundo pra deixar a gente bem. Não é não, rapaz.

Num vale a pena isso de cultivar os maus sentimentos.

Ganhei tantos livrinhos de direito internacional das editoras. Ser professora até que é legal (brincadeirinha, viu, meus alunos, haha). O que seria de nós sem o humor. Sem o sarcasmo. Uma abestalhadicezinha que seja.

Obrigada, senhor, pelo riso. E pelos livrinhos.

Cheiro de livro novo é tão bom...

Tschüssi.

11.2.09

o poder da merda que o mundo é

paulinha, você vai ficar bem.

o poder de uma chamada...

o que não é um título jornalístico, não é.

como de praxe, abro o meu querido igoogle, com todas as minhas coisinhas (por isso I google, dã), leia-se: meu google reader, meu how to of the day, tá 0 grau em Berlin, lindo esse Goldfish de Matisse...

e por fim, temos também as últimas notícias, segundo fontes variadas.

aí tava assim.

Folha Online:
Vendas de papelão ondulado crescem 4,7% em janeiro

O Globo:
Vendas de papelão ondulado caem em relação a janeiro de 2008

cuma?

bom, pelo menos a doidera contraditória surtiu o efeito de realmente chamar minha atenção. será que foi intencional? conspiração dos meios de comunicação? (buuuu!) o que será que há por trás do misterioso "papelão ondulado"? HEIM?

no final, acho que vou ficar com a teoria de que é todo mundo incompetente mesmo.

HAHAHAHAHA. blé.

9.2.09

les chansons d'amour

fazia tanto tempo que não ia ao cinema. aí fui ontem ver essa gracinha. tão lindo, parisiense, chic, triste. eu realmente adoro musicais. com músicas lindas e letras, rimas engraçadas. trilha devidamente baixada.

e, brasil, te amo, mas que saudade da europa da piula. paris, tu ganha mermo de barcelona e berlin?...

decidido, calendariamente falando: no segundo semestre eu entro no francês.

bisous!