31.1.08

João Sebastião Riacho

E eu que pensava que era feliz com minha coletânea de cantatas.

Agora minha casa simplesmente dispõe das OBRAS COMPLETAS desse cidadão.

O negócio é forte mesmo. Tira da sua cabeça todas, mas todas essas mundanidades que não nos levam a lugar algum. Se eu fosse médica, prescreveria. Muito.

Pra vocês terem uma idéia do quanto, eu digo que estou considerando a possibilidade de... me converter!!! (Isso mesmo: no sentido religioso.)

Num sou eu a fraca, não, com respeito a todas as fés e fezes.

É o cara que é persuasivo demais além da conta.

23.1.08

was für einen Tag

meu intelecto está a ponto de explodir.

olhaí o cheirinho da fumaça. é, dá pra ver mesmo, sinesteticamente, tamanha é a coisa.

por isso a primeira atitude tomada quando cheguei foi: ligar o som. numa musiquinha romântica. assim bem light.

ledo enganinho.

porque tocou schubert. der lindenbaum. me pergunto como é que a criatura faz uma música assim pra uma simples árvore? pelamãedomeuguarda.

aí já fico com vontade de procurar o que é linden, porque a pessoa fica curiosa, mas não; cheeeeeeega por hoje!

unter den linden. que lindo. acabo de perceber a nuance berlinense da coisa.

os conhecimentos por acaso são os melhores. por que todos não são adquiridos assim também, heim? HEIM.

20.1.08

bolos e bolores

Ontem foi o dia mundial da compra de discos de gente doida.

Ei-lo, o outro:












E a primeira faixa da versão digital ficou assim, ó: "será que eu vou virar bolo?".

O bom é que a doidera no meu Brazil é bem verallgemeinert.

na vera, sem ser piratê, dando grana pra gravadora e pra mercenários de todo tipo, eu não quis saber e, sim, COMPREI o disco de Amy Winehouse

e SEM ganhar pontos no mais cultura porque já tava com desconto. de dois reais!

só digo uma coisa: o disco falou comigo. e eu escutei. (ouvir, nem comento; sabe como é, o primeiro estágio nas conversas com os bens imateriais é sempre mais facinho... bom, tirando o susto inicial que a gente medrosa toma.)

então, será que é porque original é melhor, mesmo, heim?

às vezes faz tanto sentido eu ter escolhido essa minha profissão de adévogada.

é o dilema moral versus direito a perseguir quem dele não consegue se desvencilhar.

xau.

17.1.08

que nem rick wakeman

Usar o teclado do lap top americano - configurado para nossa língua portuguesa -, aliado ao teclado externo tupiniquim - configuração "normal" - tá sendo um rock progressivo da porra.


Tanto, que demorei 17 minutos pra fazer esse solo aqui.

14.1.08

aos 12 anos, eu era gente, sim

Bon Jovi é uma banda devera.

Olha só essa parte da letra / música:

didn't mean to miss your birthday, baby
i wish i'd seen you blow those candles out

De um classicismo notável. Na medida. Na medida do classicismo.


E o que foi feito de vera?
De Vera nunca se acabe.
Os mineirinhos sabem das cousas dessa vida.

uma pergunta

será que se deveria usar expressões como "samba do crioulo doido"?

Kann man?
Darf man?
Soll man?

Creio eu que

Es hängt von der Verallgemeinerung ab.

10.1.08

Eu fico incrível.

Com esses nossos dias após os outros. Basta um meio (1/2!) de uma tarde, that just blows it all.

(É isso mesmo; em itálico por causa da expressão estranha muito foda e também em negrito porque a COISA EM SI é muito foda.)



Todos os arquivos do meu mp3 player / pen drive foram apagados.

Pelo além!!!


Bu

-hoo.